fbpx

Gestão

Cinco Dicas Estratégias Para Controlar Despesas Corporativas

Jorge Cavalcante
Escrito por Jorge Cavalcante
5 min de leitura
Cinco Dicas Estratégias Para Controlar Despesas Corporativas
Já somos muitos, e quanto mais melhor!

Receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O controle financeiro do negócio é um dos pontos-chave para o sucesso da empresa. Hoje em dia, muitos empresários ainda cometem o erro de não estar a par dos gastos gerais da companhia. Para que isso não ocorra, existem algumas dicas estratégicas que devem ser seguidas.

Ribeirão Preto, SP,24/09/2019 –

Organizar o controle financeiro da empresa é uma das atividades mais importantes dentro do negócio. Por meio dela os responsáveis conseguem planejar, economizar e também melhorar seus serviços administrativos.

De acordo com Bruno Pain, cofundador e diretor comercial do VExpenses – plataforma de gestão de despesas corporativas – existem diversas tecnologias com ótimo custo-benefício que ajudam pequenas e grandes empresas a gerir seus negócios com expertise.

“A gestão financeira é muito mais do que uma forma de organização. É uma aliada poderosa, que colabora para o crescimento do negócio. Hoje, a tecnologia tem ajudado empresas de diversos segmentos, automatizando e otimizando processos e tarefas”, explica.

O especialista apontou as 5 estratégias abaixo como essenciais para a administração das despesas corporativas das empresas.

Ter um bom planejamento

Um bom planejamento é fundamental para que o negócio dê certo. Por isso, é imprescindível organizar tudo desde o início. Deve-se começar pelo planejamento de todos os passos que a empresa pretende alcançar e formalizá-los, deixando tudo corretamente organizado.

Conhecer todas as despesas da empresa

Pode parecer absurdo, mas muitos diretores não estão a par de todas as despesas de sua própria empresa. Para evitar as consequências desse erro, buscar o panorama geral da empresa é a melhor solução para ajudar a ficar por dentro de todos os gastos e saber para onde o dinheiro está indo. Com isso, será possível organizar todas as contas e planejar ações dentro da companhia com mais facilidade. 

Cortar gastos superficiais

Reduzir os gastos desnecessários com uso de descartáveis e alguns tipos de materiais de escritório, por exemplo, são  boas formas de economizar na hora de fechar as contas no final do mês. Por isso, uma sugestão é optar por materiais próprios para cada funcionário, como: cadernos, canetas, xícaras de café, canecas para beber água, etc.

Política de reembolsos

Ter a política de reembolsos adaptada à realidade do negócio é substancial para o controle das despesas corporativas. Afinal, o documento permite determinar as despesas que são reembolsáveis ou não, além do limite de gastos a ser restituído.

Uma boa prática na elaboração da política de reembolso é documentar todos os gastos que os funcionários já tiveram – ou possam vir a ter – quando a serviço da empresa, estabelecendo seus respectivos limites. Determinar se todos os colaboradores terão o mesmo limite de gastos também é superimportante.

Por fim, outro quesito da política de reembolso que merece destaque é a clareza do documento. A política de reembolsos precisa ser muito clara e largamente veiculada a fim de garantir que todos os colaboradores tenham amplo conhecimento e nenhuma dúvida quanto às normas de reembolso da empresa.

Usar a tecnologia a favor da empresa

Hoje em dia existem softwares de gestão financeira, como o VExpenses, que ajudam a organizar as despesas corporativas das empresas. Muitos evitam dores de cabeça na hora dos reembolsos, por exemplo, otimizando o tempo e serviço da área responsável. Com essa economia de tempo, é possível investir em outras atividades capazes de gerar mais valor para a empresa, além de viabilizar a descoberta de novas formas de controlar os gastos.

Por Jorge Cavalcante power by: DINO / Time Prime

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *