Organize suas exportações: Como escolher um operador logístico

Texto da série: Venda Seus Produtos e Serviços Para Clientes do Mundo Inteiro
Lição 2/3 por Market Finder

Vamos Responder
O que preciso saber sobre exportação antes de expandir para novos mercados?
O que é um operador logístico terceirizado e como ele pode me ajudar?
Como escolher o operador logístico terceirizado certo para minha empresa?

Digamos que o Rafael seja louco por corrida de bicicletas e more na Espanha. Além de assistir às corridas, ele também participa de várias.

Ele tem acompanhado uma loja de bicicletas de corridas dos EUA nas redes sociais porque ama o produto deles. E, por sorte, ele descobre que eles começaram a vender e entregar as bicicletas na Europa e na Ásia há pouco tempo.
Ele vai até a loja virtual para encomendar a bicicleta, na qual estava de olho há um tempão. Mas, quando chega na hora da confirmação de compra, ele fica na dúvida por causa das opções de envio.

Vamos ver por quê

A loja tem 2 opções de frete. Qual é a melhor para Rafael?

1 – O Custo do frete é quase o valor da bicicleta.
2 – Custo de frete mais baixo, mas o tempo de envio é bem maior, cerca de 4 meses.
* ou * Deixa pra lá, Rafael. Nenhuma opção é boa para você.

A melhor escolha para Rafael é: Deixar pra lá, nenhuma opção é boa. Ele não quer pagar uma fortuna de frete e nem quer esperar 4 meses para receber a bicicleta. Assim, ele decide não comprar dessa empresa.

Expandir sua loja virtual para poder exportar pode te ajudar a aumentar as vendas e fazer sua empresa crescer. Mas a logística dessa expansão pode ser bem desafiadora.
Clientes estão acostumados a frete com valores razoáveis e a receberem suas encomendas rápidas. Eles também querem recebê-las em boas condições.

Mesmo que o cliente tenha encomendado produtos de outros países, eles ainda querem um serviço ótimo. Por isso, é bom ter um plano para pedidos internacionais e ter um estoque confiável de produtos para o mercado externo.

Entrar em um mercado internacional novo pode significar lidar com alfândegas, encargos e tributos complicados. É aí que um operador logístico terceirizado pode ajudar.

Um operador logístico, como o FedEx, DHL, Kuehne+Nagel, Log-in e Rapidão Cometa, podem lidar com as complexidades do comércio exterior, como gerenciamento de importações (dos seus fornecedores para você) e exportações (de você para mercados internacionais).

Por exemplo, imagine que o Rafael compra uma bicicleta de um site americano. O operador logístico vai retirar a bicicleta na empresa. (alguns operadores logísticos podem estocar produtos nos depósitos deles. Isso pode acelerar as entregas e te ajudar a economizar dinheiro que seria gasto em armazenagem.).
Então o operador logístico vai preencher toda a papelada da exportação (incluindo alfândegas, aduaneiras e impostos) e trabalhar com uma rede de parceiros globais, ou com sua própria equipe, para conseguir entrega a bicicleta o mais rápido (e barato) possível para o cliente.

Um operador logístico facilita esse processo porque ele sabe quais são as normas de importação e exportação e quais produtos são proibidos em certos mercados. Ele também pode te ajudar a ter certeza que os produtos vão chegar inteiros no destino.

Com um operador logístico terceirizado, você tem os seguintes benefícios:

# Menos estresse e tempo perdido
Um operador logístico ajuda a cuida dos impostos, alfândegas, tarifas e mais logística desafiadora e trabalhosa.

# Menos custos gerais
Você vai ter menos custos operacionais e sua equipe pode economizar o tempo que seria gasto lidando com logística.

# Custo de frete reduzidos
Um operador logístico pode negociar custos de fretes mais baixos e te ajudar a economizar.

# Expansão mais rápida
Se você focar mais em vendas sazonais ou cíclicas, um operador logístico pode te ajudar a crescer mais rápido.

Fique Atento

Você pode escolher um operador logístico que atua no mesmo país que você, em outros países ou nos dois.

Realmente depende de quais são os seus objetivos no novo mercado internacional.

Quando você escolhe um operador logístico, obviamente deve pesquisar a reputação e a confiabilidade dele. Mas também tem outros fatores que você precisa considerar.

De onde seus produtos estão vindo?

Tem um operador logístico de confiança no local de origem?

Também, para onde você está enviando?

Será que o operador logístico que funciona bem naquela região e que oferece preços melhores e consegue nos atender enviado mais rápido para lá?

Depois, veja o que cada operador logístico terceirizado tem a oferecer, como rastreio e seguro. Como eles te ajudam a rastrear pacotes, por exemplo, e como lidam com eventuais problemas nos envios.

Não esqueça dos seus clientes. Certos públicos podem ter preferências em relação a como fazem compras. O que eles esperam da velocidade e das opções de entregas? Seu operador consegue atender a essas necessidades?

O fator mais importantes para escolher um operador logístico terceirizado certo para você e sua empresa é a relação custo benefício entre o que ele pode te oferecer e quanto ele cobra.
Observe a média de quanto um cliente gasta em cada compra e quanto um operador logístico cobra por envio. Essa informação te ajuda a fazer mais que apenas escolher um operador – pode te ajudar a oferecer detalhes do frete para seus clientes.

Por exemplo: Pense que a empresa de bicicletas americana calcula que o frete para enviar um produto pelo operador vai custar R$ 25,00. Então, se o Rafael comprasse R$ 25,00 em luvas de corrida, o custo não vale a pena nem para ele, nem para a empresa.
Mas a empresa pode incentivar o Rafael a gastar mais dinheiro, oferecendo frete grátis se ele gastar R$100,00 ou comprar mais produtos. Sim, a empresa ainda tem que pagar os R$ 25,00 de frete, mas vai ganhar R$ 75,00 (em vez dos R$ 0,00 se o cliente comprar só as luvas.).

Também considere quanto você vai ganhar por cada produto e quanto você perde com as taxas do operador logístico. Se o que sobra for muito pouco, você pode aumentar o preço dos produtos para te ajudar a cobrir o frete.
Por último, veja se o operador cobra pelo peso ou pelo tamanho dos produtos. Isso pode te ajudar a decidir se você quer oferecer descontos no frete de compras maiores.

Quando suas vendas internacionais aumentarem e sua empresa crescer, você pode pensar em tomar conta dos processos de exportação pro conta própria. Você pode decidir, por exemplo, que sua empresa está pronta para assumir algumas das responsabilidades do operador, como calcular custos de frete ou organizar o jeito que seus produtos são retirados, enviados e entregues, deixando com o operador apenas o transporte em si.

Tomar conta de partes do processo pode ajudar sua empresa – e seus clientes – a economizar algum dinheiro.

Por Market Finder power by: Time Primer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *